Vai uma fatia de bolo sem culpa?

Vai uma fatia de bolo sem culpa?

Um bolo será sempre um pedaço de gula!

Não é novidade que a ingestão de bolos não contribui em nada para a saúde, a informação é muita e está por todo o lado, quase que uma pessoa se sente criminosa quando come uma fatia. Muitos já o fazem às escondidas, temendo críticas e olhares reprovadores, jamais se deixam fotografar ao lado de bolos, o sentimento de culpa e a tristeza pautam o nosso dia-a-dia. A pergunta que faz sentido colocar é:

Como ter uma alimentação saudável e comer um bolinho?

Um bolo caseiro, pode ou não ser saudável, dependendo dos ingredientes que usamos na sua confeção. A presença ou não de açúcar, o tipo de farinha ou mesmo a quantidade e a qualidade da gordura que usa vai definir se cozinhou algo saudável ou nem por isso.

É de salutar o uso de ingredientes como farinhas integrais ricas em fibra, iogurte natural, frutas, vegetais como a cenoura, beterraba ou curgete, frutos secos, chocolate negro, coco etc.… Além disso, se reduzir a quantidade de açúcar, gordura e evitar ingredientes processados, como os corantes e enfeites carregados de açúcar, o seu bolo será definitivamente mais saudável do que um bolo normal.

Porque não deve ingerir o açúcar normal?

O açúcar é o nome popular atribuído aos hidratos de carbono simples, encontrado nos alimentos principalmente sob a forma de sacarose, glucose, frutose e lactose. É designado um hidrato de carbono simples por ser ingerido na sua forma de absorção, não sendo necessário qualquer tipo de digestão, ou seja, será absorvido muito rapidamente causando uma subida abrupta na glicemia. Para além da relação evidente com a saúde dentária, tem um grande impacto nos níveis de massa gorda corporal, no desequilíbrio de glicemias e a sua ingestão em quantidades significativas pode aumentar o risco de desenvolver doenças metabólicas.

Muito utilizado pela indústria alimentar, o açúcar costuma ser um dos principais ingredientes das sobremesas. Felizmente e em nome do prazer, existem vários tipos de açúcar e alguns deles muito mais saudáveis.

Como conseguir o sabor doce de forma saudável?

Mesmo que não “simpatize” com os diversos adoçantes disponíveis no mercado, relaxe! Existem duas alternativas ao açúcar branco, que ao usar nos seus bolos, consegue ser bastante mais saudável sem ter uma perda de sabor.

Açúcar de coco

O açúcar de cocó é um produto 100% natural, é extraído a partir da seiva do coqueiro e tem um aspeto granulado e acastanhado e, ao contrário do açúcar branco, não sofre nenhum processo de refinação. Tem um menor índice glicémico e uma riqueza nutricional maior, principalmente devido à fibra, vitaminas e minerais que tem na sua composição, nomeadamente vitaminas B1, B2, B3, B6, potássio, magnésio, zinco e ferro.

Este tipo de açúcar é muito mais saudável e natural, sem dúvida uma boa alternativa para usar nos seus bolos caseiros.

Açúcar mascavado

De cor marrom ou dourada, esse é o açúcar na sua versão mais bruta, e tem essa tonalidade, justamente, por ainda não ter passado pelo processo químico de refinação, o que faz com que ele preserve algumas vitaminas e minerais como o cálcio, magnésio, fósforo e potássio.

Por ainda conservar o melaço da cana, o sabor é mais forte, sendo próximo ao da cana-de-açúcar. É ligeiramente mais calórico do que o açúcar de coco, mas é igualmente uma alternativa saudável.

De qualquer forma, é importante referir que, mesmo mais saudáveis, estes dois tipos de açúcar não deixam de ser uma fonte energética, e não devem ser consumidos em grande quantidade nem com uma frequência diária.

Agora está na altura de aplicar os seus conhecimentos, deixo-lhe em seguida uma receita simples de bolo de chocolate húmido e delicioso (vegana, sem usar ovos e isenta de lactose), ideal para quem procura a decadência do chocolate mas sem culpa!

Bolo de chocolate com coco

Bolo da Semana: Choc Natura!

Lista de Ingredientes 

Farinha de Espelta (ou mistura com farinha de trigo sarraceno) (220g)
Açúcar de coco (130g)
Bebida vegetal de Arroz (500ml)
Chocolate negro (≥70% cacau) (85g)
Cacau em pó (75g)
Óleo vegetal (3 colheres de sopa = 45ml)
Fermento (1colher de chá cheia)
Essência de baunilha (1 colher de chá rasa)
1 Pitada de Sal dos Himalaias

Preparação

1 - Pré-aqueça o forno a 170 ° C, unte ou forre com papel uma forma de 23cm de diâmetro;
2 - Numa tigela junte a farinha, o cacau em pó e o fermento e bata até obter uma mistura homogénea;
3 - Adicione o açúcar e o sal à mistura, continuando a misture;
4 - Em seguida junte os ingredientes líquidos: bebida vegetal, óleo e a essência de baunilha. Misture;
5 - Junte as pepitas de chocolate negro (ou pedaços).
6 - Coloque a mistura na forma e leve ao forno durante cerca de 30 minutos;
7 - Retire da forma e deixe arrefecer. Caso queira, poderá derreter chocolate negro e verter por cima do bolo, polvilhando com coco ralado.
8 - Sirva frio, bom apetite!